Fisioterapia melhora a qualidade de vida e o bem-estar

Essa data tem o intuito de chamar a atenção da população para a conscientização dos cuidados com as doenças cardiovasculares que afetam o coração e os vasos sanguíneos. Destacando-se a doença arterial coronariana, que envolve dor no peito e o infarto agudo do miocárdio, sendo essa a maior causa de mortalidade no mundo.

Os principais fatores de risco para os eventos cardiovasculares são: hipertensão, diabetes, níveis elevados de gordura no sangue (dislipidemia), histórico familiar, estresse, tabagismo, obesidade, sedentarismo e doenças da tireoide. Os indivíduos devem procurar o médico cardiologista, objetivando a identificação de quaisquer sinais e sintomas.

A prevenção de doenças cardiovasculares começa com pequenas mudanças em hábitos diários como monitoramento regular da diabetes e interrupção do tabagismo. Além disso, a prática de atividades físicas é fundamental para a redução do agravamento das doenças.

O fisioterapeuta é um promotor de saúde.  É um profissional que possui formação e conhecimento das doenças que podem levar a complicações de problemas cardíacos, ou seja, o paciente que possui histórico de tais patologias precisa de um acompanhamento fisioterapêutico com o intuito de evitar futuras complicações.

No Abrigo Vó Tereza é realizado o tratamento fisioterápico como exercícios específicos, atividades para prevenção do tratamento de doenças cardiovasculares, caminhadas pela Instituição a fim de evitar perda da força muscular, melhora da capacidade funcional, redução de fatores de risco, redução de sintomas, dentre outros.

No primeiro momento é realizada uma anamnese da idosa a fim de identificar suas limitações e capacidades funcionais, para o desenvolvimento de um plano de tratamento ideal. Os exercícios definidos seguem critérios de forma segura e eficiente.

A fisioterapia é de extrema importância para todas as idosas que tenham ou não doença cardiovascular, como também em casos onde elas necessitem passar por algum procedimento cirúrgico, trabalhando de maneira prévia para evitar intercorrências como trombose, parada cardíaca dentre outras complicações.

Entre os benefícios da fisioterapia para a reabilitação cardíaca, está principalmente a diminuição das internações hospitalares e a redução de agravamento.  

Outro benefício da fisioterapia são a melhora da qualidade de vida e o bem estar.